sábado, 15 de julho de 2017

Sporting 2-Basileia 3


O Sporting voltou a perder na pré-época, agora com o Basileia e por 3-2. Os erros individuais pagam-se caro e Azbe Jug, Tobias e André Geraldes cometeram-nos.
Jorge Jesus mudou quatro peças em relação à derrota com o Valencia, mas a principal mudança vai para o esquema tático, ao optar por jogar em 3-4-3, compondo a defesa com Tobias Figueiredo, Coates e Mathieu. Piccini e Jonathan Silva ocuparam as laterais, com Petrovic e Bruno Fernandes a serem os dois homens do meio-campo. No ataque, Bas Dost ao meio com Podence e Alan Ruiz pelas linhas.
O Sporting entrou bem, com mais bola, com a pressão sobre o adversário a dar frutos, mas andou sempre longe da baliza. Bruno Fernandes foi o elo mais forte dos primeiros 45 minutos e foi o primeiro a incomodar Vaclik, o guarda-redes dos suíços.
O médio vindo da Sampdoria esteve em alta no início do processo ofensivo, tendo Podence sido o seu «melhor amigo». Aos 20 minutos, Bruno Fernandes lançou-o na direita e o extremo cruzou para Alan Ruiz, mas surgiu o corte de Lang a salvar. Na sequência do canto, Bruno Fernandes voltou a rematar para defesa de Vaclik. 
Foram precisos apenas mais quatro minutos para Bruno Fernandes servir novamente Podence, que cruzou para Bas Dost, mas sem direção. E logo a seguir mais um lance semelhante. Bruno Fernandes intercepta um passe, transporta a bola e dá em Podence. O extremo entra na área, mas demora e o remate acerta num defesa.

Era o melhor momento do Sporting e o golo ia mesmo chegar. Novamente Podence na direita, entra na área, cruza para a entrada da área, onde Alan Ruiz recebe e choca com Akanji. O árbitro considera falta e Bas Dost não perdoa.
Com o golo, o Basileia subiu mais as linhas e empatou pouco depois, também de grande penalidade. Bola nas costas de Tobias, que estava a proteger a bola, mas Van Wolfswinkel surgiu e derrubou-o. O árbitro não considerou falta e na queda o central português derrubou o holandês. Penálti inexistente, mas Matias Delgado não desperdiçou!
O Sporting acusou o golo e o Basileia foi crescendo. Começou a criar perigo, quase sempre por Lang na direita e chegou mesmo ao segundo, num erro de Azbe Jug. O lateral dos suíços cruzou, o guarda-redes saiu da baliza mas falhou o desvio e Steffen ao segundo poste só teve de encostar.
No segundo tempo, Jesus mexeu e colocou seis em campo. André Pinto, Bruno César, Mattheus Oliveira, Battaglia, Iuri e Doumbia entraram para o lugar de Coates, Jonathan, Bruno Fernandes, Petrovic, Alan Ruiz e Bas Dost, que só rematou mesmo na grande penalidade. O esquema manteve-se e a qualidade de jogo ainda ficou pior.
O Basileia continuou com os onze e valeu-se disso. Esteve sempre mais perto do terceiro e não fosse Piccini aos 51’ e tinha mesmo marcado. Aos 58’ foi Steffen a isolar-se, depois de aproveitar o mau posicionamento de Mathieu e a acertar no poste.

Jesus sabia que não estava a correr bem e mudou três pouco depois. Saíram Piccini, Podence e Mathieu e entraram André Geraldes, Palhinha e Mattheus Pereira. Continuou o 3-4-3 com Palhinha a jogar com central.
O Basileia também abrandou e mexeu cinco peças. E mal mexeu, o Sporting marcou. Iuri Medeiros tem um excelente cruzamento do lado direito e Matheus Pereira a fazer de ponta de lança e a empatar.Só que três minutos depois André Geraldes deitou tudo a perder. Atrasou mal e Kevin Bua foi mais esperto e mais rápido que Jug, fazendo o terceiro.
Até ao fim, Bruno César e Iuri Medeiros ainda tentaram, mas Vaclik esteve melhor. Jesus ainda trocou de guarda-redes, colocando Pedro Silva por Azbe Jug, e trocou Gelson Dala por Iuri Medeiros. Francisco Geraldes, Fábio Coentrão, Ryan Gauld, Leonardo Ruiz e Stojkovic.
Bruno Fernandes e Podence bem, Alan Ruiz com nota também positiva. Mathieu, Doumbia sem ritmo, Jonathan Silva com exibição cinzenta e depois nota negativa para Azbe Jug, Tobias Figueiredo e Piccini, que ainda não convenceu.
O Sporting volta a jogar na próxima terça-feira, agora com o Marselha.

Sem comentários:

Enviar um comentário

POSTS MAIS LIDOS