terça-feira, 18 de julho de 2017

Marselha 2- Sporting 1


Na última partida do Sporting no estágio que a equipa está a realizar fora de Portugal, os leões foram derrotados pelo Marselha por 2-1, em partida de preparação em Evian.
Depois de ter apresentado um esquema com três defesas frente ao Basileia, Jorge Jesus fez regressar um esquema com quatro defesas, num 4-4-2 clássico. O técnico do Sporting trocou quatro jogadores: Pedro Silva, Fábio Coentrão, Battaglia e Bruno César para os lugares de Tobias Figueiredo, Jonathan Silva, Podence e Jug.
Mathieu e Piccini sobretudo estes dois jogadores, ainda não dão as garantias necessárias para um Sporting robusto defensivamente em 17/18. O italiano mostra-se praticamente inoperante em termos ofensivos, e em termos defensivo tem muita dificuldade em acertar as marcações. Em relação ao central francês, também se tem mostrado particularmente débil no capítulo da marcação. O Sporting tem sofrido bastantes golos e de forma infantil, demonstrando uma enorme lentidão e incapacidade de responder à velocidade das equipas adversárias. As 'motas' do Marselha' Payet, N'jie, Sari deram muitas dores de cabeça à defesa leonina. E foi destes homens que surgiram os golos da equipa francesa.
O primeiro golo surgiu logo aos dois minutos de jogo, Depois de um lançamento de Payet, N'Jie disparou para a baliza, fintou o guardião Pedro Silva e encostou para primeiro da partida. E o segundo golo só não surgiu, porque Pedro Silva, pouco depois, impediu o segundo depois de um grande remate de Sari.
Os leões na primeira parte tiveram muita dificuldade em explanarem o seu futebol e em penetrarem na grande área francesa. Só o conseguiram por uma vez e através da meia distância. Alan Ruiz disparou de muito longe, com Mandanda a ter que se aplicar. Em cima do intervalo, o Marselha quase fez o segundo. N'Jie falhou o desvio, após um cruzamento.
Na última partida do estádio de pré-época, os leões queriam dar a volta ao texto no segundo tempo e sair com outra imagem. Logo a abrir Jesus trocou quatro. Fez entrar Matheus Pereira, Mattheus Oliveira, Jonathan Silva e Podence e fez sair Coentrão, Petrovic, Alan Ruiz e Bruno César. Só que o Sporting voltaria a sofrer o segundo golo e também muito cedo, em nova falha defensiva da equipa leonina. Grande jogada de entendimento dos franceses, com Payet a servir N´Jie que desviou ao segundo poste.
Curiosamente a partir do segundo golo e fruto das alterações, os leões conseguiram assentar o seu jogo e melhoram o processo de transição entre a defesa e o ataque, com Podence e Matheus Pereira a serem os dois homens em maior evidência. Bruno Fernandes esteve perto do golo, com um disparo de longe, após uma boa jogada de entendimento entre Matheus Pereira e Mattheus Oliveira.
Aos 71 minutos, Podence caiu na área e foi assinalada grande penalidade. Na transformação, Doumbia (entrado na segunda parte) reduziu para os leões. O golo trouxe a vitamina necessária para a equipa de Jorge Jesus ir à procura do empate. O miolo fluía melhor. Bruno Fernandes municiava e Matheus Pereira e Podence com a sua velocidade e técnica faziam a diferença. Ao minuto 76, um lance fabricado por estes dois jogadores quase deu golo, com o brasileiro na cara do guarda-redes a permitir a defesa de Mandanda. Pouco depois, ao minuto 80, Mattheus Oliveira tentou o pontapé acrobático, após cruzamento de Podence mas falhou o remate. O Sporting foi à procura do empate, mas ficou-se pelas tentativas.

Os leões fecham assim o estágio de pré-época e estão de regresso a Portugal onde no próximo sábado medem forças com o Mónaco no jogo de apresentação aos sócios. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

POSTS MAIS LIDOS