domingo, 11 de junho de 2017

Um sábado de vitórias

FUTSAL-JUVENIS

Os juvenis de futsal do Sporting CP sagraram-se este sábado pentacampeões nacionais depois de terem derrotado o Benfica por 5-2 no segundo jogo da final do campeonato.
Depois de terem vencido no passado fim-de-semana na Luz pela margem mínima (3-2), os leões não deram hipóteses e venceram de forma expressiva, no Pavilhão Paz e Amizade, em Loures, celebrando dessa forma o quinto título consecutivo no escalão.
Os verdes e brancos tiveram sempre em vantagem, tendo vencido com golos de Tomás Paçó, Hugo Neves, que bisou no encontro, do capitão de equipa Célio Coque e de Ricardo Pinto. 
Um triunfo que foi a cereja no topo do bolo de uma época memorável dos jovens leões, que venceram todos os jogos que disputaram no Campeonato Nacional (32). 

JUVENIS-FUTEBOL DE 11

Juvenis do Sporting CP receberam e venceram o FC Porto por 3-2, com golos de Bernardo Sousa, Babacar Fati e Gonçalo Costa em jogo da 8.ª jornada da fase de apuramento de campeão, ficando a uma vitória de revalidar o título nacional, quando faltam disputar dois jogos.
O Sporting CP começou a dominar completamente as operações, tendo sido compensado por isso mesmo com o segundo golo (26’). O pé esquerdo de Bernardo Sousa voltou a fazer a diferença, com o jovem médio a colocar a bola na cabeça de Babacar Fati, que aproveitou a saída em falso do guardião portista.
O segundo tempo começou praticamente com um lance muito polémico (41’). Bernardo Sousa foi derrubado dentro de área, mas o árbitro da partida entendeu que não era motivo para marcar grande penalidade. Na sequência do lance, a bola chegou ao avançado Tiago Rodrigues, que, bem posicionado, rematou muito por cima. Cinco minutos depois, foi tempo de existir uma situação dentro da área leonina com o guarda-redes Filipe Semedo, sendo que desta vez o árbitro Paulo Raposo assinalou o castigo máximo. Uma jogada que gerou muitos protestos dos jogadores e equipa técnica dos verdes e brancos. Nada importado com isso, Vasco Paciência pegou na bola e colocou-a no fundo das redes.
O jogo entrou depois numa toada de maior agressividade, com muitas faltas de parte a parte. Aproveitou melhor esse aspecto o Sporting CP, com o lateral esquerdo Gonçalo Costa a fazer um grande golo na cobrança de um livre directo (54’) .  Um golo muito festejado no Estádio Aurélio Pereira e que deu, novamente, o domínio da partida ao conjunto orientado por João Couto.

ANDEBOL-JUVENIS
 A equipa de juvenis do Sporting CP em juvenis, orientada pelo técnico João Galego Garcia, alcançou o título de campeão nacional do escalão, feito que já fugia aos leões desde 2011/12.
O título surgiu na sequência da vitória frente ao ABC, por 30-26, que teve lugar nesta tarde de sábado, no pavilhão Fernando Tavares, na Boa Hora, jogo que ditava precisamente o novo campeão nacional, entre leões e minhotos. O melhor marcador do jogo foi Salvador Salvador, com sete golos, e marca igualmente um percurso invicto do Sporting CP na prova nacional: 34 jogos com 32 vitórias e dois empates. 18 jogos com outras tantas vitórias na primeira fase; 10 vitórias em 10 jogos na segunda fase; e quatro vitórias e dois empates na fase final.

NELSON ÉVORA CAMPEÃO NACIONAL



O campeão europeu do triplo-salto, Nélson Évora, sagrou-se este sábado campeão nacional da modalidade, ao atingir os 16,78 metros, em Vagos, e dedicou o título a todos os portugueses.

Sem comentários:

Enviar um comentário

POSTS MAIS LIDOS