terça-feira, 23 de maio de 2017

Velhas glórias sintrenses do Sporting: Freire






Carlos Manuel da Silva Freire, nascido a 18 de Abril de 1959, em Sintra, foi uma das maiores promessas do Sporting do final da década de 70 e início da de 80, tendo começado no nosso conhecido M.T.B.A.
Durante as 7 épocas em que como sénior permaneceu em Alvalade, nem sempre foi titular, embora tenha sido bastante utilizado e entrado em campo com frequência nas épocas de 1979/80, 1980/81 e 1981/82.Fez 146 jogos ao serviço do clube e marcou 16 golos.
Ingressado no Sporting na época de 1974/75, com 15 anos,  foi logo nessa época campeão nacional de juvenis, e foi várias vezes internacional pelas selecções nacionais jovens ( 4 vezes internacional juvenil, 15 vezes internacional júnior, 4 vezes internacional "Esperança" e uma vez internacional B). Com 18 anos, e já integrado no plantel sénior, estreou-se na equipa principal do Sporting na época de 1976/77, num jogo frente ao Benfica, a contar para a Taça de Portugal que o Sporting venceu por 3-0 (3 golos do brasileiro "Manoooel"), tendo efectuado uma grande exibição. Era treinador Jimmy Hagan.


Bastante móvel como avançado, jogava em toda a largura da frente de ataque, embora descaísse preferencialmente para os flancos, alternando o direito com o esquerdo. Era dotado duma excelente técnica e  bom domínio de bola, fintando bem, e em velocidade.
Ao longo das 7 temporadas em que representou o Sporting, conquistou 2 Campeonatos Nacionais,(1979/80 e 1981/82), duas Taças de Portugal (977/78 e 1981/82), e uma Supertaça.
                         Equipa 1976-77
Foi, ainda uma vez internacional A por Portugal, num jogo frente a Israel, a 28 de Outubro de 1981, em Telavive, que a selecção perdeu  por 4-1, a contar para a fase de qualificação para o Campeonato do Mundo de 1982, em Espanha, onde Portugal não marcou presença. Nessa partida jogaram também os leões Jordão e Manuel Fernandes.
No final da época de 1982/83 abandonou Alvalade, ingressando no Vitória de Setúbal, na esperança de poder jogar mais vezes. Mais tarde representaria ainda o Portimonense, o Celta de Vigo,(que ajudou na altura a subir à I Divisão) o Estoril e o Beira-Mar. Terminou a carreira aos 32 anos, tendo posteriormente passado por uma experiência como treinador do Sintrense, e acabando por se dedicar ao negócio da família, na área dos combustíveis.
Freire já tem sido visita do nosso Núcleo, junto com outras velhas glórias. Os sportinguistas de Sintra não esquecem.

Sem comentários:

Enviar um comentário

POSTS MAIS LIDOS